Resenha: O Pequeno Príncipe

sábado, 6 de agosto de 2016

Livro: O Pequeno Príncipe
Título original: Le Petit Prince
Autor (a): Antoine de Saint-Exupéry
Editora: Geração Editorial
Páginas: 160 (contando  as páginas adicionais da história do autor )
Avaliação: ♥♥♥♥♥
Antoine de Saint-Exupéry

Antoine, ou melhor, Jean- Bapstiste Marie Roger Pierre de Saint-Exupéry, nasceu em 1900 na cidade de Lyon na frança   foi um escritor, ilustrador e piloto francês. Filho do conde Jean de Saint-Exupéry e da condessa Marie Foscolombe. Cresceu no castelo Saint-maurice de Rémens , aos 17 anos já Havia passado por várias escolas onde ganhou a fama de distraído. Sua inteligência e criatividade, porém, são incontestáveis. Ele vai para Paris tentar a vida. Iniciou sua carreira militar em 1921, viajou o mundo. Em 1940 o francês partiu para Nova York onde começou a desenhar para os editores. A primeira edição do pequeno príncipe foi em 1943. Ele partiu para uma missão da qual nunca mais retornou.

Sinopse: O Pequeno Príncipe - Um piloto cai com seu avião no deserto e ali encontra uma criança loura e frágil. Ela diz ter vindo de um pequeno planeta distante. E ali, na convivência com o piloto perdido, os dois repensam os seus valores e encontram o sentido da vida. Com essa história mágica, sensível, comovente, às vezes triste, e só aparentemente infantil, o escritor francês Antoine de Saint-Exupéry criou há 70 anos um dos maiores clássicos da literatura universal. Não há adulto que não se comova ao se lembrar de quando o leu quando criança. Trata-se da maior obra existencialista do século XX, segundo Martin Heidegger. Livro mais traduzido da história, depois do Alcorão e da Bíblia, ele agora chega ao Brasil em nova edição, completa, com a tradução de Frei Betto e enriquecida com um caderno ilustrado sobre a obra e a curta e trágica vida do autor.

MINHA OPINIÃO:
O que mais gosto do livro é como ele retrata a vida do autor de uma maneira tão sutil,  saber que ele retratou  momentos de sua vida de forma que virasse uma história tão singela aumenta ainda mais meu gosto pelo livro e as lições que ele passa. É um livro pequeno mas com um grane significado que  te faz  refletir sobre a vida e como ele mesmo já diz “para entender o verdadeiro sentido da vida “. Antoine de Saint-Exupéry era um autor incrível e mesmo sem o ter conhecido só de ler o livro pode se constatar e afirmar isso.
   Gosto de como o autor descreve através de metáforas alguns ensinamentos que só através os olhos e o ver de uma criança podemos entender a mensagem que ele passa. O livro é escrito através e uma fábula, e me conquistou já na dedicatória, não posso dizer que n gostei de nada, pois estaria mentindo. Simplesmente encantador e recomendável a todos. 

3 comentários

  1. Gostei muito desse post :) Principalmente porque você coloca um pequeno trecho referente a vida do autor e isso e muito legal, pois passamos a conhecer o autor das obras que gostamos. Referente a história concordo com você é muito encantadora mesmo, é um livro tão pequeno, mas com um ensinamento grandioso.Lindo !!!

    https://pequenosinfinitosz.blogspot.com.br/#uds-search-results

    ResponderExcluir
  2. Maaaay você esta arrasando nos post ein, so coisa linda. Amo o pequeno príncipe. Adorei o jeito que você colocou sua resenha. Beijos

    ResponderExcluir
  3. Maaaay você esta arrasando nos post ein, so coisa linda. Amo o pequeno príncipe. Adorei o jeito que você colocou sua resenha. Beijos

    ResponderExcluir

 
Desenvolvido por Michelly Melo.