Entrevista com Luísa Aranha

segunda-feira, 6 de março de 2017
Olá pessoas incríveis, tudo bem com vocês? (espero que sim...)
Hoje venho trazer uma entrevista que eu fiz com a autora Luísa Aranha, para quem não sabe ela é autora dos títulos abaixo, que tem resenha aqui no blog. Vamos para a entrevista!!! Obrigado pela oportunidade Lú!!! 


O que te incentiva a escrever?
O que me incentiva a escrever é uma pergunta complicada... sinceramente eu não sei responder! Acho que um dos principais incentivos é a quantidade de coisas que sinto e vejo e quero colocar pra fora. Claro que também me incentiva muito cada vez que alguém fala que se sentiu tocado por um texto meu ou que refletiu sobre algo que eu escrevi... mas o que está dentro de mim com certeza é a força motriz para que eu siga sempre escrevendo. 

Qual o lugar perfeito para desenvolver uma história pra você?
Aí... um sonho seria sentar numa casa no campo, com uma linda janela toda envidraçada com vista para muito verde, um rio e paisagens bucólicas... mas esse lugar está bem longe da minha realidade, então qualquer lugar serve. Fico muitas horas no escritório trabalhando, mas escrevo na cama, no sofá e até no banheiro! Hahahahaha. 

O casal de "Sexo virtual, amor real" você se inspirou em algum casal que conheça? (A química deles é linda)
Leo e Nina são dois personagens muito especiais. A química deles nasce ao natural. Leo é inspirado em uma pessoa real, alguém por quem tenho muito carinho e admiro pelo jeito que enxerga o mundo. 
Terminei de escrever um novo livro sobre eles. Agora é o Leo que conta o que aconteceu com eles depois que se encontraram pessoalmente. E foi uma experiência muito bacana poder dar voz a ele. Deve ser lançado em abril ou maio na Amazon. 

Você tem um blog com textos maravilhosos. Como faz para lidar com críticas?
Depois de chorar e me descabelar (brincadeira, agora já não faço mais isso! Hahahaha) eu levo na boa. Claro que tem críticas que não tem fundamento algum. Essas eu nem estresso, as outras eu analiso e vejo o que me ajudará a melhorar. Mas acho que tenho um pouco de sorte, porque nunca recebi uma crítica tão cruel que me destrua. 

Você já teve algum bloqueio de criatividade por conta da quantidade de textos que já escreveu?
Não acredito muito na lenda do bloqueio. Nunca tive problemas com isso. Eu escrevo sempre e mantenho essa frequência porque realmente acredito que a arte de escrever seja um aprendizado constante. Nem tudo eu publico. Quando um texto não flui eu entendo que não é pra ser. Outros textos acabam surgindo. 

Pretende escrever algum livro de outro gênero?
Eu gosto de falar sobre cotidiano. Histórias que são reais e que podem acontecer com qualquer pessoa. Não me imagino criando universos paralelos, fantasias e distopias... mas nunca se sabe! 

Qual foi a sensação de ter seu primeiro livro em mãos?
É como ver um filho recém nascido! Não tem como explicar os sentimentos e sensações! 

Qual cena mais te emociona em seus livros?
Nossa! Acho que gosto muito da cena em que Nina e Leo se encontram a primeira vez. Também a cena que ela relembra sobre o acidente do Leco.  No novo livro tem uma cena significativa no chuveiro que me emocionou bastante... (mas essa não vou dar spoiller!). Ah! E tem também uma cena em Valeu, Universo! (que está em andamento no Wattpad) que foi difícil de encarar pela carga emocional da personagem conhecer a esposa do namorado.

Qual seu autor ou autora preferida? Você se espelhou nele, pra seguir nessa careira?
Gabriel Garcia Marquez é com certeza meu autor preferido. Mas não me serve como espelho pois temos estilos bem diferentes. 
Um autor que me inspirou muito é o Marcelo Rubens Paiva e seu livro Feliz Ano Velho.

Qual super poder você gostaria de ter?
Super poderes trazem super responsabilidades... não sei se eu gostaria de ter um... Acho que só o poder de tocar as pessoas com as minhas palavras já estaria bom!

Então é isso pessoal, espero que vocês tenham gostado da entrevista e de conhecer melhor a Luíza!!! 

Uma boa leitura pra vocês!
Obrigada por ler.
Meu insta: @jubisreads
Juliana Santos ❤ 

Nenhum comentário

Postar um comentário

 
Desenvolvido por Michelly Melo.