RESENHA: Procura-se Um Marido

sábado, 13 de fevereiro de 2021 Nenhum comentário

Livro: Procura-se Um Marido.

Autora: Carina Rissi

Editora: Verus.

Páginas: 472.

Avaliação: ❤❤❤❤❤.



Sinopse:

          Alicia sabe curtir a vida. Já viajou o mundo, é inconsequente, adora uma balada e é louca pelo avô, um rico empresário, dono de um patrimônio incalculável e sua única família. Após a morte do avô, ela vê sua vida ruir com a abertura do testamento. Vô Narciso a excluiu da herança, alegando que a neta não tem maturidade suficiente para assumir seu império – a não ser, é claro, que esteja devidamente casada.
         Alicia se recusa a casar, está muito bem solteira e assim pretende permanecer. Então, decide burlar o testamento com um plano maluco e audacioso, colocando um anúncio no jornal em busca de um marido de aluguel.
         Diversos candidatos respondem ao anúncio, mas apenas um deles será capaz de fazer o coração de Alicia bater mais rápido, transformando sua vida de maneiras que ela jamais imaginou. 



Minha Opinião:

       Esse livro foi extremamente apaixonante, apesar de não ser surpreendente, pois sabemos o final, assim, logo de cara.
        É importante ressaltar que apesar de alguns livro serem clichês, cada um traz personagens novos que nos fazem amá-los e querer saber o que lhes acontecera.
       A autora nos cativa com sua escrita, criando um livro muito dinâmico, que nos proporciona uma leitura fluída e extremamente prazerosa.
        Nesse livro a autora nos apresenta, personagens decididos, que vão amadurecendo com o desenvolver da história, eles são meio brutos no início, mas ela vai trabalhando neles, fazendo deles, pessoas melhores.
       As amizades dos personagens, é outro ponto que me fez amar o livro, eles sempre se ajudam, se protegem e sempre que um deles está em apuros os amigos fazem de tudo para ajudar.
         O amor pela família, é emocionante no livro, tanto o Max quanto a Alicia, tem/tinham, laços de amor muito forte pelos familiares. Isso deu um ar de amor, carinho sem ser o romance propriamente dito.
       É muito lindo sentir o amor dos protagonistas nascendo, ao poucos, cada detalhe que contribuiu e mesmo quando ambos lutavam contra o que sentiam, ainda tinham todo o cuidado para não magoar um ao outro.
       A Alicia, era uma garota mimada e o Max era um tímido bruto, mas ambos juntos tentam fazer dar certo o casamento de mentira.
          Acho que essa é a mensagem mais importante desse livro. Se cada um ceder um pouco suas manias e hábitos, tudo se tornará mais fácil de se ajeitar.







                    

GENERALIZOU: Chick Lit e seus Subgêneros

segunda-feira, 8 de fevereiro de 2021 1 Comentário

       Você sabe o que um Chick Lit? Não venha com coisas do tipo ‘’é livro de mulherzinha’’, ou eu juro que vou tacar esses livros na sua cabeça (finja que eu tenho uma cara de brava super ameaçadora). Você sabia que Chick Lit tem mais de 11 subgêneros e até seus subgêneros tem subgêneros? Perceberam como o negócio é bem mais que a pequena superfície que conhecemos? Vamos lá, espero ter chamado sua atenção.
        Então, Chick Lits são sim livros para mulheres (homens leiam, porquê não tem nada melhor que curtir essas leituras), que narram o cotidiano de suas personagens (que não tem uma idade padrão, vão da adolescência até mulheres mais maduras) e muitas vezes são livros escritos por mulheres.
         O Chick Lit, tem como foco a vida dessas mulheres, seus amores, suas rotinas como mães, esposas e funcionárias, e muitas outras fontes, e traz tudo isso de uma forma humorada e contado em uma tom confiante.
Um mesmo livro pode se encontrar em vários subgêneros, vou falar aqui apenas alguns e deixo os outros para sua curiosidade ir buscar.

ALGUNS SUBGÊNEROS

Mom Lit
Você está grávida? Corre que chegou seu momento de rir e ficar apreensiva, aqui temos tudo que é voltado para o ser mãe, gestação, criação e todas as suas fases. 

Glamour Lit
Dinheiro, dinheiro, aqui temos personagens ricos, que vivem de fama e ascensão, tem também muita fofoca, esnobismo e traições, temos também carreiras muito frequentemente como moda, cinema tudo ligado ao status social. 

Ethnic Chick Lit
Narra histórias de personagens com diferenças culturais e raciais.

Girl Lit
São histórias centradas nas carreiras de suas personagens principais, seus problemas no trabalho, chefes e rotinas.

Fantasy Lit
Histórias giram em torno de protagonistas, engraçadas e espertas em um mundo cheio de aventuras e elementos fantasiosos.

Bigger Girl Lit
Revela o mundo das garotas que estão um pouco (ou bastante) acima do peso, sua vida amorosa, sua relação com o trabalho, a família, e principalmente sua autoestima. É muito comum falarem também da perda de peso, dietas.

Hen Lit
Retratam a vida de mulheres com idades um pouco superiores.

Single City Girl Lit
Literatura das garotas solteiras na  cidade grande, é um gênero que envolve: encontros, paqueras, amigos, trabalho, drinks e apartamentos apertados divididos com pessoas legais-estranhas-bizarras-divertidas. 

Wedding Lit
São livros que contam as histórias de casamentos, madrinhas e os preparativos para o grande dia.

Mystery Lit
São livros de mulheres resolvendo assassinatos, driblando o perigo, e claro se divertindo durante todo o processo.

Lad Lit
Literaturas escrita por homens, cujos personagens principais são do sexo masculino. São livros com narrativas e tons bem parecidos com os de chick lits.

Teen  Chick Lit
A tumultuada vida dos adolescentes, os dramas do ensino médio,  as paqueras com as garotos charmosos, lideres de torcida malvadas, amizades para toda a vida, o drama de escolher uma carreira e mil e uma temáticas que envolvem esta parte.

 
Desenvolvido por Michelly Melo.