RESENHA: O Tutor [Sthefane Lima]

terça-feira, 31 de outubro de 2017 3 comentários
      Boa Tarde meus amores!!! Tudo bem? Espero que sim! 

       Essa é a primeira resenha de romance de época e foi a primeira vez que eu li um romance de época... Não esqueça de comentar e seguir o blog, isso é muito importante para nós. 


Sobre a Autora:

        Sthefane Lima tem 25 anos, formada em Administração. Vive feliz com sua família em Timon-MA. Sthefane começou a escrever cedo, por volta dos 10 anos escreveu seu primeiro poema. Nada que a fizesse imaginar que um dia escreveria um livro. Como leitora gosta e ler todos os gêneros: terror, romance, romance hot, romance de época, suspense, fantasia, etc.


Ficha Técnica:

Livro: O Tutor.

Autora: Sthefane Lima.

Páginas: 289.

Onde Comprar: Amazon.

Sinopse: Sebastian Damman, era conhecido por sua beleza e se dava muito bem com isso, levava sua vida sem se preocupar com responsabilidades. Tinha fama de mulherengo e amante de mulheres casadas. Era considerado a perdição para qualquer mulher. Mas, um golpe calculado de seu tio distante, chefe do clã Sallie lhe obrigaria a ser tutor de sua filha, para proteger interesse de ambos. Pelo lado de Damman, seria a oportunidade de rever os conceitos ao seu respeito. Não que ele estivesse cansado de sua vida libertina, mas a chance de demonstrar sua responsabilidade era fundamental para ser um líder respeitado. 

Pelo lado do seu tio, defender o clã dos seus inimigos contraídos durante brigas territoriais levando em diante sua descendência. Mas o que Sebastian não esperava era que Olívia Sallie não era mais criança, podendo ser a mais bela jovem que seus olhos já tinham visto. 

Abandonada em um internato distante, Olívia Sallie, cresceu longe do amor familiar. Com sua maioridade chegando junto com a promessa de conhecer o mundo de fora, ter outro futuro ou não. Quem sabe encontrar um amor que mudaria sua vida, tipo de amor que ela só conhecia o conceito pelo o que ela lia nos livros de romance da biblioteca do internato. 

Mas a primeira vez que Olívia ficou frente a frente com Sebastian, seu coração a fez nutrir um sentimento estranho. Algo que lhe parecia errado para condição que o destino lhe tinha reservado, mas que era bem mais forte que tudo e todos.
Será que o amor é à primeira vista? Será que Sebastian e Olívia conseguirão ir bem mais além do que um título de Tutor e Pupila?
Uma história de amor que enfrentará medos, dúvidas e batalhas.


Resuminho:

     Olivia é uma menina que a muito tempo mora em um colégio interno, ela tem quase 21 anos e acha que seu pai não liga para ela.

       Então ele vem a falecer e ela trassou um plano, continuar sua vida ajudando as freiras no colégio.

       Porém o pai dela, deixou um tutor para tomar conta dela, ele é um gato Divo maravilhoso, só que é um tremendo galinha.

        Sebastian é um tremendo galinha, ele se envolve com várias mulheres e até mesmo com mulheres casadas.

        Ele manda busca a Olivia, porém, ele espera encontrar uma garotinha, não uma mulher, imagina a cena quando ele vê que ela é a sua pupila.

      Ela de cara se apaixona por ele, ele está naquela de " Minha pupila não é tão jovem e é linda".

       



Minha Opinião:

         Acho que o que todos mais querem saber é o que eu achei de um romance de época. Eu vou enrolar vocês até o final, esperem para ver.

       Eu achei os personagens bem construídos, porém, em alguns momentos eles ficam um pouco confusos e você se perde um pouquinho, mas não é nada que possa atrapalhar sua leitura.

          Eu achei a Olívia um personagem divertida, carinhosa e incrivelmente fofa, porém, não consegui ver ela como uma personagem empoderadora.

         Eu acho que me apaixonei pelo Sebastian, apesar dele ser um pouco idiota e insensível em alguns momentos, ele é protetor, carinhoso e tem algo que te encanta nele, é o típico personagem que faz você suspirar o livro todo.

         Os personagens secundários eu gostei apenas da irmã dele, os outros não conseguiram me contagiar, com exceção de uma menininhaa muito fofaa.

            A história em si tem um enredo muito bom, com cenários bem bonitos, histórias particulares e vários segredos que a autora vai nos revelando aos poucos.

        Respondendo a grande pergunta, sim eu gostei de romances de época, pretendo ler vários outros, em especial a continuação dessa maravilha, que a autora me garantiu que não vai demorar muito para sair.

        Mas enquanto isso não acontece, me contem já leram esse? Quais outros desse gênero vocês me indicam?


Resenha: Um Minuto [Mag Alves]

domingo, 25 de junho de 2017 8 comentários

Livro: Um Minuto.

Autora: Mag Alves.

Editora:  Sonho De Livro.

Páginas: 296.

Avaliação: ❤❤❤❤❤.

Sinopse:


Depois de perder o marido de forma repentina, Mariana, uma jovem bancária se torna uma pessoa sem vontade de viver.
Fábio morava em Londres e, mesmo sem experiência no mundo dos negócios se viu obrigado a voltar ao Brasil para ajudar a revolver problemas na empresa do pai.
De uma forma inusitada o destino fará com que o caminho dos dois se cruze, mas se apaixonar de novo não faz parte dos planos de Mariana, pois ela acha que se envolver com outra pessoa é trair Gustavo, o marido falecido.
Será que Fábio conseguirá mostrar para Mariana que se pode amar outra pessoa depois de se perder um grande amor para a morte?
Ou Mariana não conseguirá enxergar nada além da dor que sente pela perda do marido?
Acompanhe a história de Fábio e Mariana e veja como em apenas UM MINUTO nossa vida pode mudar. 




Senhoras e senhores eu lhes apresento o livro mais fofo do mundo, com um casal amorzinho, cunhada louca e de quebra uma pequena cena de ação e superação.

O livro conta a história da Marina, que perdeu o marido a 3 anos e desenvolve uma depressão muito forte, se afastou do trabalho, dos amigo e do amor. Ela não sente prazer em nada.

Até que um dia ela acorda no meio da madruga e sai pela rua (assim bem louca) e para uma moto do lado dela, ela fica assustada principalmente quando ele diminui a velocidade e tenta falar com ela.

Tem alguns outros acontecimentos que fariam o livro perder a graça caso eu contasse. Eles se tornam amigos e vão desenvolvendo uma amizade, ele começa a trazer ela a vida de um jeito completamente apaixonante, claro que os amigos também ajudam muito.

"_ Acho que você deve voltar para casa, nem todo mundo nesse cidade é bonzinho como eu."

Eu podia falar milhões de motivos para vocês lerem esse livro, ele é realmente um leitura maravilhosa para um feriado, um dia de folga, aquele livro que você gruda e não desgruda mais, a interação dos protagonistas é meio mágica, a forma que se apaixonam gradativamente e sem querer, ver tudo nascendo de uma amizade, de uma vontade de um ajudar o outro.

Vocês vão amar uma pessoa nesse livro, sabe aquela pessoa bem louca, que faz as maiores agitações nos livros e faz nós leitores dar gargalhadas que as pessoas normais acham muito estranhas, a Camila irmã do falecido marido da Mari é assim, ela faz a vida da nossa personagem ser mais divertida e ao mesmo tempo ela se preocupa como se a Mari fosse tudo para ela.

 A relação da Mari com os outros personagens do livro me surpreendeu de certa forma, pois achei que por ela ser depressiva, de mal com a vida, ela ia ser meio estou nem ai para todo mundo. Mas não, ela se importa, ela se incomoda por se achar um fardo para a sogra.

Então, se vocês não lerem esse livro, vocês só estarão perdendo o melhor livro sobre superação, sobre um amor que nasce sem interesse, um amor puro. Sem falar de umas cenas muito engraçadas e outras de ação.


Queria agradecer aos autores parceiros Luísa Aranha, Paula Basílio e Mary oliveira pela participação em nossos sorteios 💕




Resenha: Para Todos Os Garotos Que Já Amei

terça-feira, 13 de dezembro de 2016 18 comentários
Oii meus lindinhos?! 
Então, eu resolvi mudar meu jeito de fazer resenhas, eu geralmente falo só minha opinião, mas a partir de agora eu irei contar mais sobre a história (mas nada de spoilers prometo! Nada que não tenha nos primeiros capítulos), me desejem sorte meus lindinhos, porque essa é a primeira vez que faço algo diferente em minhas resenhas. Mas chega de papo vamos logo ao que vocês querem ler!!!



Livro: Para Todos Os Garotos Que Já Amei.
Autora: Janny Han.
Editora: Intrínseca.
Páginas: 320.
Avaliação: ❤❤❤❤❤.


Sinopse:

Lara Jean guarda suas cartas de amor em uma caixa azul-petróleo que ganhou da mãe. Não são cartas que ela recebeu de alguém, mas que ela mesma escreveu. 

Uma para cada garoto que amou, cinco ao todo. São cartas sinceras, sem joguinhos nem fingimentos, repletas de coisas que Lara Jean não diria a ninguém, confissões de seus sentimentos mais profundos.

Até que um dia essas cartas secretas são misteriosamente enviadas aos destinatários, e de uma hora para outra a vida amorosa de Lara Jean sai do papel e se transforma em algo que ela não pode mais controlar.



O livro é narrado em primeira pessoa, pela perspectiva da nossa querida Lara Jean.

O livro é o primeiro de uma trilogia, por enquanto só tem os 2 primeiros lançados, mas já anunciaram que vai ser lançado o 3° livro.

O livro conta a história da Lara Jean, que perdeu a mãe a um tempo, então ela e as irmã mais velha, são que ajudam o pai nas compras, na organização da casa e a cuidar da irmãzinha. Ela sempre viu a irmã como um pessoa forte, decidida, que é seu grande ponto de apoio.

Pois então... A vida da nossa querida Lara Jean começa a desandar quando sua irmã tem que ir para Escócia pra estudar e ela tem que assumir sozinha todas as responsabilidades.

Depois que a Margot parte, a caixa de chapéu que ela tinha ganhado da mãe desaparece. E um tempo depois, quanto ela chega na escola está lá um dos garotos que ela amou com a carta destinada a ele.

Ela surta na hora (não sabi que palavra usar, será que surta é uma má palavra para se usar?), porque uma das cartas é destinada ao ex-namorado da irmã dela e quando esse garoto aparece na porta do armário dela na escola, ela fica sem reação, e acaba mentindo que está namorando o primeiro garoto que apareceu com a carta.

Ele (o primeiro a receber a carta) que acabou de terminar com a namorada, e está meio cansado de todos dizerem que ele é como um cachorrinho da ex, resolve que os dois devem namorar de mentirinha, para que ela posso deixa claro pro ex da irmã que não sente nada por ele, e o outro mostra para a ex-namorada que ele não é nenhum cachorrinho que volta quando a dona chama.

E ai nossa trama começa a se desenrolar ou devo dizer enrolar mais ainda?

Minha Opinião:


Chegou a parte que eu mais gosto de fazer, que é dar minha humilde opinião.


Ameeei muito esse livro, ele me tirou de uma baita ressaca pós "Seleção".

Ele trás uma escrita simples, com persogens cativantes. E como todos os livros dessa autora, não tem só o romance, tem todo um enredo por trás, fatos as vezes mais importantes do que o próprio romance.

Acho que todo amor que as irmãs demonstram entre si, é muito lindo e o fato da protagonista não querer magoar a irmã é algo muito lindo, e lutar contra os próprios sentimentos para não deixar isso acontecer.

Ver a personagem amadurecer é outro aspecto que está sempre presente nos livros da autora, ela começar com uma personagem frágil e vai desenvolvendo ela, isso sempre vai me encantar.

Tem também a questão de amizades de infância, que por motivos acabaram se afastando e vemos o quanto a personagem sente falta deles.

É muito lindo ver o amor dos protagonistas nascer, acho que sempre falo isso, mas é porque é algo que me facina, ver um amor nascer do nada, ou de uma amizade... Sempre vou dizer que achei lindo ver o amor nascer, independente do seu fim.

Esse livro acaba com um grande gancho para o segundo livro, acho que foi por isso que mal terminei de ler  o primeiro já tive que ler o segundo.

Apesar do enorme título, é uma leitura rápida, envolvente, que eu com certeza recomendo a todos vocês. Se apaixonem por Lara Jean e Peter.

Contem para mim, de qual resenha vocês gostaram mais? Como era antigamente ou agora, deixa nós comentários e se já leu esse livro, conte sua experiência, eu fiquei boquinha aberta com o final... Beijos meus lindos até a próxima.
 
Desenvolvido por Michelly Melo.